DOMADORES DE DRAGÃO - Gabinete de Artes
22062
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-22062,bridge-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-18.0.9,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive

DOMADORES DE DRAGÃO

Category
Design e Comunicação, Ilustração
About This Project

Os domadores de dragão são quatro jovens camponeses, moradores de uma pequena província no norte da China, que, sozinhos, capturaram um dragão-serpente, espécie raríssima na região. O feito foi testemunhado pelos habitantes locais durante as festividades de ano-novo, quando os rapazes expuseram o magnífico animal. Aliás, não foi bem uma exposição. Os cinco – os jovens e o dragão – dançaram animadamente pelas ruas decoradas para a ocasião. O grande animal, descendente direto dos céus e representante vivo da prosperidade, parecia ter sido encaminhado à cidade sem impor resistência. É verdade que estava amarrado por longas cordas brilhantes, feitas da mais pura seda, contudo, era do conhecimento de todos que dragões adultos, de qualquer espécie, poderiam carregar o peso de mil homens sem esforço. Então, como explicar aquela cena inexplicável?

A história é inspirada nos dragões controlados por grupos de manipuladores, que se apresentam frequentemente nas festas do ano-novo chinês. A ilustração digital tem como referência estética, as pinturas tradicionais chinesas, com o uso de contornos acentuados na relação entre o traço do pincel e as tintas aquareladas sobre o papel.

Conto ilustrado de Axel Sande para a Mostra Parla! – 2ª edição. A exposição foi montada no Brasil, China e Estados Unidos.